Gramado e Canela: como montar o roteiro ideal para sua viagem?

6 minutos para ler

Conhecer Gramado e Canela é a vontade de muitas pessoas, sendo, inclusive, um dos destinos mais desejados entre os brasileiros, conforme divulgado pelo Ministério do Turismo. No entanto, é comum que diversas dúvidas surjam no momento de montar um roteiro e programar a viagem.

Sabemos que criar o roteiro ideal não é uma tarefa fácil, pois, além de se considerar as particularidades de cada pessoa no momento de organizar a viagem, a Serra Gaúcha conta com diversas atrações imperdíveis!

Assim, pensando em auxiliar nessa tarefa, separamos algumas dicas para que você monte um excelente roteiro para a sua viagem a Gramado e Canela. Acompanhe o post e confira!

Onde ficar em Gramado e Canela?

Tanto a cidade de Gramado quanto a de Canela contam com uma ótima estrutura hoteleira e opções de acomodações de diferentes faixas de preço, que atendem a todos os estilos de viajantes.

Contudo, em ambas as cidades, o comércio se concentra no centro, onde é possível encontrar vários tipos de serviços, assim, o ideal é que as pessoas que pretendem explorar tudo a pé, sem precisar de carro, se hospedem na região central para ter acesso a diversas lojas e restaurantes de maneira facilitada.

Outro ponto relevante, é que muitas atrações, de ambas as cidades, como fábricas de chocolates e restaurantes, oferecem transporte gratuito para levar os clientes aos seus estabelecimentos e, portanto, pode ser útil utilizar o serviço quando for preciso.

É válido ressaltar, ainda, que a distância entre Gramado e Canela é de apenas 7 quilômetros e, por essa razão, o trajeto entre as cidades pode ser percorrido facilmente!

Quais as opções de alimentação na região?

O cenário gastronômico de Gramado e Canela é muito desenvolvido e conta com opções que agradam a pessoas de diferentes gostos, uma vez é possível encontrar restaurantes especializados em cozinha alemã — ascendência de origem de muitos moradores da região e, inclusive, dos pioneiros a se instalarem na Serra Gaúcha —, brasileira, suíça, oriental etc.

Além disso, entre os restaurantes há variados preços, desde aqueles que proporcionam experiências luxuosas a opções que, além de gostosas, cabem no bolso.

Um ponto forte e muito popular da gastronomia local são as sequências de fondue que, em geral, são compostas por queijo, carne ou chocolate. As massas também costumam ser ótimas escolhas, com pratos saborosos e bem servidos.

Já os cafés coloniais estão em diferentes locais das cidades e oferecem muita variedade de comida — frios, quitutes, tortas e bolos — a um preço fixo. Por fim, para a sobremesa, a parada gastronômica obrigatória é tomar um chocolate quente nas fábricas de chocolate.

O que fazer em ambas as cidades?

Existem inúmeras atrações entre Gramado e Canela que proporcionam entretenimento para pessoas de todas as idades, inclusive para famílias que visitam o local com crianças.

Ao contrário do que muitos pensam, a região conta com diversas opções ao ar livre e em contato com natureza, como matas, rios, quedas d’águas, animais silvestres e matas de araucárias seculares que levam os visitantes a muito ar puro.

Powered by Rock Convert

O Lago Negro, por exemplo, é um dos locais ideais para realizar um passeio ao ar livre e que costuma proporcionar excelentes fotos aos turistas, especialmente na época das hortênsias. O Gramado Zoo, um zoológico que tem apenas animais da fauna brasileira, também é outra excelente alternativa.

Já o Parque Estadual do Caracol, localizado em Canela, é um dos maiores pontos turísticos do Rio Grande do Sul, sendo que, no local, há a Cascata do Caracol, uma queda d’água que tem cerca 130 metros.

O centro de Gramado, por si só, já conta com diversas atrações, pois lá é possível encontrar a Rua Coberta, local que conta com diferentes restaurantes e bons lugares para tomar chocolate quente, e a Av. Borges de Medeiros, onde está localizada a Paróquia São Pedro.

Ainda, no Mini Mundo, um parque ao ar livre que conta com diversas réplicas 24 vezes menores do que as construções originais e que procura reproduzir curiosidades de uma cidade normal, temos mais uma opção de passeio divertido.

Para aqueles que gostam de aventura o Snowland, uma das maiores atrações da cidade, é uma excelente escolha. No local, que é um parque fechado e conta com temperaturas negativas e neve artificial, é possível realizar diferentes atividades, como patinar no gelo e aprender a esquiar.

Além das alternativas que apresentamos, existem, ainda, muitas outras atrações nas cidades de Gramado e Canela, como fábricas de chocolates, museu de cera (Dreamland), exposição de carros antigos (Hollywood Dream Cars), bondinhos aéreos, Vale dos Dinossauros, com réplicas dos animais que existiram há milhões de anos, entre outras opções.

Em geral, durante o dia, os visitantes de Gramado e Canela costumam se dividir entre as atrações de ambas as cidades e, à noite, jantam em um restaurante de qualidade e voltam ao hotel para descansar.

Quanto tempo é ideal ficar na Serra Gaúcha?

Apesar de se tratar de uma dúvida comum das pessoas que ainda não conhecem a região, não há uma regra para determinar quanto tempo ficar na Serra Gaúcha.

As cidades de Gramado e Canela são pequenas, mas costumam encantar os turistas, especialmente em razão da diversidade de atrações que oferecem. Assim, o ideal é que os visitantes disponham de, ao menos, 3 dias para conhecerem ambas as cidades e seus principais pontos turísticos.

No entanto, sem dúvidas, a região conta com atrações para um período de viagem muito maior, sendo que, nos casos em que os turistas contam com mais dias disponíveis, é possível conhecer cada local com calma e, até mesmo, repetir os melhores passeios.

Para montar um bom roteiro, separe todas as atrações que pretende visitar, considerando as particularidades de cada indivíduo — se a viagem é com crianças, por exemplo, o ideal é dispor de mais tempo para que seja possível realizar os passeios com calma e, ainda, visitar as atrações infantis — e depois verifique quantos dias são necessários para conhecer todos os pontos turísticos.

Para termos uma ideia, o recomendado é ficar, ao menos, 7 dias na região, pois, nesse período, é possível realizar todos os passeios, conhecer os pontos turísticos sem pressa e, ainda, visitar as cidades próximas.

Agora que você já conhece diversos detalhes sobre Gramado e Canela, as principais atrações das cidades e, inclusive, o que considerar antes de determinar quanto tempo ficar no local, monte o quanto antes o seu roteiro de viagem com base em nossas dicas e desfrute de tudo o que a Serra Gaúcha pode oferecer.

Se você gostou do post, inscreva-se na newsletter para receber os novos conteúdos!

Posts relacionados

Deixe um comentário