Quanto custa viajar para Gramado? Veja como economizar!

4 minutos para ler

Já parou para pensar em quanto custa viajar para Gramado? Conhecer a cidade na Serra Gaúcha é o sonho de muitos turistas. Afinal, é o destino preferido no roteiro de 63,7% dos brasileiros, além de ser o local turístico mais lembrado por 70,7%. Os números são do projeto “Marcas de Quem Decide”, do Instituto Qualidata, em parceria com o Jornal do Comércio.

Sabemos que cidades como Gramado e Campos do Jordão, destinos típicos de inverno, têm fama de ostentação e preços altos. No entanto, existe uma boa notícia: é possível economizar e viajar sem gastar muito. Quer saber como? Então nos acompanhe neste post!

Planeje a viagem com antecedência

A dica número 1 para economizar ao viajar a Gramado e, diga-se de passagem, em qualquer viagem, é o planejamento. Quanto antes você começar a se programar e a preparar o roteiro, maiores são as chances de poupar. Evite ao máximo qualquer compra em cima da hora: passagens aéreas, hospedagem e, inclusive, os ingressos para as atrações.

Enquanto estiver pesquisando para criar o roteiro, aproveite para fazer uma estimativa dos gastos. Anote tudo que quiser incluir e, no final das contas, ficará mais fácil saber o que é viável e o que pode ser deixado para uma próxima oportunidade.

Aproveite promoções e descontos

Outra dica valiosa é ficar de olho nas promoções e descontos que surgem ao longo do ano. Use os sites de compras coletivas — Laçador de Ofertas, Peixe Urbano, Tchê Ofertas, La Iguana — para passeios e restaurantes. 

Funcionam muito na Serra Gaúcha, sabia? Com eles, você consegue comer bem enquanto aproveita uma economia de até 70%. É importante ler todas as informações antes de adquirir o voucher com os descontos, como dias e horários para utilizar o benefício.

Powered by Rock Convert

Economize na alimentação 

Já que falamos em economizar na hora de comer, vamos focar nos restaurantes agora. Apesar de ter opções com preços mais altos, é possível poupar. O jeito mais clássico é almoçar ou jantar no hotel. Como? Os supermercados contam com alguns petiscos e lanches rápidos.

Se quiser comer fora, evite os estabelecimentos das principais avenidas da cidade. Ande um pouco além do centro para encontrar valores bem em conta em self-service, restaurantes de buffet livre ou fast-food, inclusive nos tradicionais fondues e café colonial. Se tiver os cupons dos sites de compras coletivas, então basta aproveitar.

Avalie o melhor período para viajar

Quanto custa viajar para Gramado? Dependendo da época, o valor pode mudar muito. Ainda mais em um dos destinos preferidos pelos turistas, principalmente nos meses de julho (inverno e férias) e em dezembro (Natal Luz). Para economizar mais, evite viajar na alta temporada.

Apesar do pico em dezembro, o Natal Luz começa em outubro e vai até janeiro. Além disso, o frio da serra tem início em junho e segue até agosto. Então, você pode aproveitar para ver as decorações natalinas, os espetáculos e o clima de inverno gastando menos. 

Confira pacotes de hospedagem

Sabemos que um dos maiores investimentos em uma viagem é a reserva do hotel. Por isso, temos duas dicas para fazer o seu dinheiro render mais. A primeira é entrar em contato com as acomodações que você encontrou nas pesquisas (e gostou) e conferir os pacotes de hospedagem disponíveis.

A segunda é buscar opções em cidades vizinhas a Gramado, como Canela, que fica a apenas 6 quilômetros. É fácil de se deslocar com Uber, táxi ou ônibus e ainda existe a oportunidade de conhecer mais um lugar charmoso na Serra Gaúcha.

E agora, quanto custa viajar para Gramado? Com as nossas dicas, é possível economizar, aproveitar tudo o que a cidade tem a oferecer e ainda realizar sua viagem dos sonhos. Basta um pouco de planejamento, muita pesquisa e, claro, a vontade de fazer as malas para curtir os passeios, o contato com a natureza e todas as atrações da região serrana no Sul do Brasil. Tudo isso sem gastar muito!

Posts relacionados

Deixe um comentário